jusbrasil.com.br
20 de Setembro de 2019

Arte e bom humor contra a crise da água

Lambe-lambes pela cidade ajudam a disseminar dicas de adaptação e aumentar a pressão sobre o governo estadual. Manual de Sobrevivência também é lançado neste Dia Mundial da Água

Gm M., Representante Comercial
Publicado por Gm M.
há 4 anos

Postado por Luciano Dantas - 22 - mar - 2015 às 12:16

Arte e bom humor contra a crise da gua

São Paulo enfrente a maior crise hídrica de sua história. (© Bruno Fernandes / Greenpeace).

São Paulo amanheceu diferente nesse 22 de março, Dia Mundial da Água. Em todos os cantos da cidade, muros, ruas, avenidas e viadutos, lambe-lambes passam dicas e mensagens para nos adaptarmos à uma das maiores crises ambientais da história da cidade: a falta de água nas torneiras de milhões de paulistanos. Com bom humor, os lambes também querem que a população pressione o governo estadual - o maior responsável pela destruição dos mananciais que abastecem a cidade - para o enfrentamento responsável da crise.

A ação tem o objetivo de informar, mobilizar e aumentar a consciência sobre formas de adaptação e de responsabilização em relação à crise. Trata-se de uma oportunidade da sociedade civil se mover em direção ao uso consciente do recurso consciente e cobrar pelo abastecimento prioritário da população e não apenas dos grandes consumidores.

Além de espalharmos os lambes pela cidade, também queremos que você tenha autonomia de tomar essa iniciativa. Para isso, disponibilizamos o material para ser colado em espaços públicos. É uma forma de intervenção criativa e não-comercial na cidade, com o poder de despertar as pessoas para reflexões que em geral não estão presentes no nosso cotidiano. Vale ressaltar que lambe-lambe não é crime, mas é preciso cuidado sobre onde e como colar sua mensagem por aí.

Neste link disponibilizamos um guia rápido de como preparar seu lambe-lambe. Imprima aqui as artes, reúna seus amigos e se manifeste, a cidade é nossa! Não se esqueça de fotografar seus lambe-lambes e espalhar pelas redes sociais usando a hashtag #ÁguaParaTodos. A mudança está nas nossas mãos.

Como sobreviver à crise

Neste domingo também é lançado o “Manual de Sobrevivência para a Crise”, publicação da Aliança pela Água (coalização da qual o Greenpeace é parte) que traz, em linguagem simples, dicas práticas de economia de água no diaadia, como reutilizar água com segurança e como sobreviver se a torneira secar de fato. “Nosso público-alvo são as populações mais carentes, que geralmente não têm caixa-d’água e têm sido as mais afetadas pelos cortes no fornecimento resultantes da redução na pressão da rede de distribuição da Sabesp”, explica a jornalista Claudia Visoni, que coordenou a redação do manual. “Mas as dicas servem para todo mundo. Procuramos compilar soluções caseiras, baratas e fáceis de fazer”.

GREENPEACE BRASIL

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)